Relatório Semanal – Mercado de café no Brasil – 03-07 maio 2021 | Atlantica
Ordem Mínima
+55 35 3222 0495 Av. Princesa do Sul, 1885 | B. Rezende, Varginha, MG, Brasil | CEP: 37062-447
  1. Início
  2. /
  3. Relatório de mercado
  4. /
  5. Relatório Semanal – Mercado...
  1. Início
  2. /
  3. Relatório de mercado
  4. /
  5. Relatório Semanal – Mercado...
  1. Início
  2. /
  3. Relatório de mercado
  4. /
  5. Relatório Semanal – Mercado...

Relatório Semanal – Mercado de café no Brasil – 03-07 maio 2021

por maio 7, 2021Relatório de mercado67 Comentários

Bolsa de NY e BRL/USD
Explosão de preços no mercado de café nesta semana. Vários fatores deram suporte às cotações de arábica, com destaque para a preocupação com a oferta mundial e queda do dólar.

Além da preocupação com o tempo seco e problemas logísticos no Brasil, os problemas na Colômbia também entraram no radar do mercado. Ainda, a OIC divulgou corte na estimativa de excedente global do ciclo 20/21 para 3,286 milhões de sacas ( 1,972 mi de sacas a menos em relação a última estimativa).

A evolução da vacinação no mundo trouxe otimismo de demanda aquecida para o segundo semestre. No início da manhã de sexta feira, os preços dos contratos KCNY sofreram grandes correções, com mais de 400 pontos de queda, devolvendo parte dos ganhos das últimas sessões.

O real foi a moeda mais valorizada entre os países emergentes nesta semana, com suporte macro e impulsionada pelo aumento de 0,75% na taxa básica de juros brasileira, a Selic, para 3,5% a.a.. Por volta das 11h de hoje, a notícia de desaceleração do crescimento do emprego nos EUA, fez o dólar cair no mundo todo. Em relação ao real a moeda foi negociada a R$5,2040, a menor cotação desde 15 de janeiro deste ano.

Junho/21: Mín: 139,60 | Máx: 155,40 | Last: 151,70 USC/lb
BRL/USD: Mín: 5,2040| Máx: 5,4837 | Last: 5,2100
*Dados até a finalização deste relatório

CLIMA
O tempo seco permanece nos cafezais brasileiros, que já enfrentam meses de precipitação abaixo das médias históricas. A prevalência dessas condições é preocupante para as reservas de água do solo. Para as próximas duas semanas, a previsão de ausência de chuvas significativas permanece no cinturão brasileiro. Há previsão de chuva neste fim de semana apenas para o Sul da Bahia.

MERCADO DOMÉSTICO
Os preços de café no mercado interno estão muito valorizados. O arábica bebida dura tipo 6/7 foi negociado entre R$ 750 – 850 no físico, e para entrega futura chegou a superar os R$ 900. Mesmo com os preços muito atrativos, o produtor tem mantido cautela e calma nas ofertas, muito atento às condições climáticas.


LOGÍSTICA
Alguns armadores já estão overbooked até o fim de junho, não aceitando mais reservas. Persistem a falta de contêineres padrão alimento, omissões portuárias, atrasos e adiamentos de navios e free-time reduzido. A dificuldade é ainda maior quando o destino está nos EUA. Senhores clientes, gentileza antecipar o envio das Instruções de embarque!

COVID-19 NO BRASIL
Pessoas que receberam a primeira dose: + 34 mi (+16,16% da população)
Pessoas totalmente vacinadas: + 17 mi (8,19% da população)
Casos: + 15 mi
Mortes: + 417 K

Vamos continuar acreditando e investindo na cultura do café!
Fiquem bem,
Equipe Atlantica Coffee

67 Comentários

  1. Ótimo boletim. Muito esclarecedor. Parabéns!

    Responder
  2. Boletim importante e esclarecedor para o produtor!!! Parabéns

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.