Relatório Semanal – Mercado de café no Brasil – 09 a 13 nov 2020 - Atlantica

(35) 3222-0495   |    (31) 98258-7114   |   Seg-Sex 08h às 18h   |   Av. Princesa do Sul, 1885 – Jardim Andere, Varginha – MG, 37062-180

KCNY e BRL/USD
Até a divulgação deste relatório, durante a semana, KCH1 oscilou entre 108,05 e 113,50 e o R$/USD foi negociado entre 5,2229 e 5,5259. Os mercados responderam positivamente à escolha por Biden, além da confirmação da eficiência da vacina da Pfizer. Por outro lado, a segunda onda de COVID-19 ao redor do mundo não vem apresentando melhorias, lock-downs preocupam as economias e os Estados Unidos estão definindo novas medidas de restrição devido ao grande aumento de casos da doença assim como de casos graves.

COVID-19
Até hoje, os casos de Covid-19 no Brasil atingiram um total de 5.781.582 com 164.281 óbitos. Em relação à vacina, divergências políticas surgiram porque a ANVISA suspendeu temporariamente o teste do Butantan para o CoronaVac. Eleições locais para vereador e prefeito na reta final.

LOGÍSTICA INTERNACIONAL NO BRASIL
Os armazéns locais ainda estão muito ocupados com o recebimento, armazenamento e processamento do café. Além disso, a logística internacional ainda está com cronogramas apertados e baixa disponibilidade causando atrasos nos embarques. Reforçamos que uma estratégia importante para mitigar parte dessas dificuldades é agir com antecedência. Mesmo com todos os problemas e complicações logísticas, o Brasil exportou 4,1 milhões de sacas de café, atingindo recorde histórico para o mês de outubro, segundo o Cecafé.

MERCADO DOMÉSTICO E FOB
O mercado doméstico esteve ativo durante a semana, com bons volumes de negócios relatados. No curto prazo, apenas alguns negócios aqui e ali. Os principais volumes negociados foram para a safra 22/23. Para a safra 21/22, poucos movimentos ocorreram como reflexo do volume de café já comercializado, somado à bienalidade negativa e à preocupação com os impactos do período de estiagem enfrentado em algumas regiões do Brasil agravados pelas altas temperaturas que acompanharam a falta de chuvas. A indústria local relatou apenas alguns poucos negócios. Na base FOB, boas demandas para a safra 20/21 para embarques a partir de Janeiro. Alguns negócios relatados na base FOB.

Vamos continuar acreditando e investindo na cultura do café!

Fiquem bem,
Equipe Atlantica Coffee