Relatório Semanal – Mercado de café no Brasil – 18-22 jan. 2021 | Atlantica
Ordem Mínima
+55 31 98258-7114 Av. Princesa do Sul, 1885 | B. Rezende, Varginha, MG, Brasil | CEP: 37062-447

Relatório Semanal – Mercado de café no Brasil – 18-22 jan. 2021

por jan 22, 2021Relatório de mercado0 Comentários

KCNY (USC/lb)
Mín: 123,40 | Máx: 128,75 | Last: 123,20

O mercado iniciou a semana com quedas técnicas e pressionado pelo relatório de exportações da CECAFE, divulgado na segunda-feira. Na quinta-feira, a CONAB divulgou seu primeiro levantamento da safra 21/22 de café, indicando quebra entre 32,4% e 39,1% para o arábica, o que impulsionou altas nos preços. De acordo com a companhia, a área de produção de arábica para 2021 apresenta uma redução de 6,8% em relação ao ano anterior, totalizando 1,76 milhão de hectares, reflexo das condições de clima e lavoura de 2020.

BRL/USD
Mín: 5,2310 | Máx: 5,4348 | Last: 5,4680

Nesta semana o dólar ganhou forças com a posse de John R. Biden, o novo presidente dos EUA e possíveis novos estímulos monetários da maior economia mundial, que trouxeram otimismo ao mercado. No Brasil, o COPOM manteve a taxa básica de juros da economia brasileira à 2%, o que contribuiu pra estabilidade da moeda brasileira.

LOGÍSTICA INTERNACIONAL NO BRASIL
A falta de contêineres padrão alimento com a maioria os armadores e espaço em navios estão críticas e se agravando muito. É de suma importância que os importadores pressionem os armadores para que garantam os equipamentos para o cumprimento dos bookings. Ainda, o envio com a máxima antecedência possível de Shipping Instructions é muito importante visando garantir os bookings.

MERCADO DOMÉSTICO
Os preços estiveram elevados no mercado interno, chegando a superar os BRL 700 para cafés finos. Mesmo com os bons preços, os cafeicultores seguem muito cautelosos e mantendo o mercado doméstico bastante calmo. Além de bem vendidos e capitalizados, eles aguardam por novas altas do mercado. Fluxo normal de operações nos armazéns e caminhões.

FOB
As vendas para exportação estiveram calmas e os diferenciais estáveis, mesmo com os elevados níveis do mercado. Os temores renovados pela disseminação do vírus e as vacinações a passos mais lentos do que esperado, também contribuem para a cautela dos compradores internacionais.

EXPORTAÇÕES CAFES DO BRASIL – CECAFE
Em 2020 as exportações de cafés do Brasil apresentaram um crescimento de 9,4% em relação ao ano anterior, totalizando 44,5 mi de sacas de 60 kg e USD 5,63 bilhões de receita cambial (+10,3% a.a.). O preço médio da saca no ano foi de US$ 126,52.

Os principais destinos foram Estados Unidos, Alemanha, Bélgica, Itália, Japão, Turquia e Rússia, respectivamente. O café verde arábica representou 79% das exportações totais de café, um aumento em volume de 8,4% em relação à 2019.

TEMPO/CLIMA
Uma semana de elevadas temperaturas e poucas chuvas na maioria da regiões cafeeiras. De acordo com a Somar Meteorologia, para os próximos 7 dias há previsão de chuvas abaixo das médias históricas e temperaturas elevadas, sendo esta última, típica do verão.

Em muitas áreas produtoras, a disponibilidade de água no solo parece ser suficiente para o cafeeiro até a retomada de chuvas mais volumosas na segunda metade da próxima semana.

COVID-19 NO BRASIL
A vacinação começou no Brasil nesta semana e pelo menos 400 mil pessoas já foram vacinadas, como profissionais da saúde e outros grupos prioritários. Apesar da boa notícia, as aglomerações em festas de fim de ano e férias de verão, levaram a um grande aumento no número de casos e mortes.

Casos: 8,697 M
Mortes: 214,147 mil
Recuperados: 7,673 M

Vamos continuar acreditando e investindo na cultura do café!

Fiquem bem,
Equipe Atlantica Coffee

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir WhatsApp
1
Precisa de ajuda?
Olá! Como podemos ajudar?